terça-feira, 25 de maio de 2010

Compaixão...

Na minha leitura da obra “Rubem Alves do universo a jabuticaba”, deparei-me no capítulo sobre a Fé nas páginas 129 a 130 algo que causou-me um estalo. Aquela martelada na razão e no coração, então, coloquei-me a pensar. O texto diz o seguinte:

Acho obscena a alegação de que temos de lutar pela justiça porque essa é à vontade de Deus. Quem luta pelos pobres porque Deus manda não ama os pobres. Tem é medo de Deus. Admiro aqueles que já trazem consigo esse sentimento de compaixão sem ter tido necessidade de ler sobre ele nos textos sagrados (visão kantiana, meu grifo). Certamente porque Deus já mora dentre deles. Os outros, que precisam teologar primeiro, é porque Deus mora do lado de fora.


Lembro-me que fiz esta observação em 2005 quando cheguei no seminário, mas fui severamente condenado por isso.

Um comentário:

André Viana disse...

Muito bom Christopher! Abs.